Mike Carroll fala sobre a Lakai e Marc Johnson

A entrada de Daewon Song e Marc Johnson na adidas, revelada no último dia 15 de maio, durante a primeira exibição do Away Days, vídeo de skate da marca das três listras, pegou todo mundo de surpresa e deu aquele bafafá gostoso em que todo skatista gosta de perder um tempo da vida.

Assim que ficou sabendo do anúncio, Mike Carroll, dono da Lakai, ligou para os caras da Janekm para dar a entrevista que você confere, traduzida, abaixo. De nada.

jetlag_mikecarroll_04

Apesar de parecer uma notícia mais pro lado da fofoca inútil, você pode levar como um retrato do que vem acontecendo no mercado do skate mundial, onde grandes marcas estão conquistando seu espaço e temos todo tipo de visão sobre o assunto. Superficialmente, essa entrevista pode parecer uma coisa pontual, pequena. Mas posso dizer sem medo que ela é um pequeno spin-off de uma discussão muito maior e que merece toda a atenção do mundo.

Como estamos na internet, antes de se achar o sabe-tudo do skate mundial nos comentários, lembre-se que esse é um dos lados da história. Cautela faz bem. Enfim, confira comigo no replay como é ser demitido do seu patrocinador de shape via entrevista.

Recentemente, suas marcas passaram por várias mudanças internas, assim como o time da Girl e da Lakai. Tem alguma coisa acontecendo que a gente deva saber, ou é tudo coincidência?
Eu só posso imaginar quais foram as razões de cada um. Acho que são só caras de 40 anos tomando decisões de gente grande. As pessoas tendem a esquecer – especialmente quando você tem 15 ou 25 anos e a única coisa com que você tem que se preocupar é andar de skate, pagar o aluguel e algumas contas – mas esses caras tem casas, filhos e esposas pra cuidar. Se eles quisessem aprender a trabalhar em algo fora do skate, até conseguiriam aprender isso aqui, mas existe uma cultura diferente que não é passada adiante em empresa de skate criada por garotos de 17 e 19 anos.

Quando o Koston e o Guy saíram, eu esperava algum grande anúncio, ou pelo menos algo maior do que aquele post mixuruca que vocês fizeram no Instagram. Existiam outros planos?É, aquilo foi lamentável. O Eric, com certeza, merecia mais festa do que só um post no Instagram. Ele fez tanto, por tantos anos, e aí aconteceu daquele jeito. Mas tem muito mais motivos pelos quais aconteceu assim. Não foi culpa do Eric e também não foi culpa nossa. Alguns anúncios começaram a surgir mais rápido do que nós ficávamos sabendo, então nós tivemos que ir em frente e fazer aquele post rapidinho, infelizmente. Mas não tenho nada de ruim pra falar deles, e espero que eles também não tenham nada pra falar de nós.

Desde que o Guy e o Koston saíram, você já encontrou com eles na pista do Biebel e foi tipo aquele encontro estranho com uma ex-namorada?(Risos) Quer saber, eu vou lá direto e eles nunca estão por lá, então… Eu fui uma vez em que eles estavam, mas não, não foi nada estranho. As decisões são muito diferentes nessa idade, quando você tem filhos, família. Se alguém quer pular fora, não tem porque você segurar, mesmo que seja ruim pra gente. Nós sempre tivemos essa coisa, de não fazer contratos com o skatista. Mas acho que quando o Brian (Anderson) e o Alex (Olson) saíram, nos fez pensar sobre isso, porque nós pedimos pra eles segurarem um pouco, pra gente conseguir vender produtos que já estavam feitos mas, você sabe, o Alex só queria acabar logo com tudo e falar logo sobre a novidade.

É legal isso de nunca ter feito contratos com os skatistas.Na Girl e na Chocolate nunca tivemos mas, na Lakai, sempre tivemos. Acho que, provavelmente, isso vai mudar logo menos, porque nós, obviamente, percebemos que nada dura pra sempre… Foi sempre na base do aperto de mão. Se você não concorda com alguma coisa, pode sair, mas faça direito. Isso foi uma das coisas que tentamos fazer, mas não está funcionando nos dias atuais.

O que a Girl e a Lakai andam fazendo? Algum vídeo novo?Estamos trabalhando num vídeo da Lakai. Os caras da marca tem viajado, então esse é o nosso próximo grande projeto. Federico (Vitetta) anda filmando bastante, o Daniel Wheatley também. Meza está nos ajudando a fazer alguns cortes já, então ele provavelmente vai editar o vídeo. Mas

O Mike Mo tá andando de novo? Ele se machucou feio.

É, ele tá voltando. Já manda algumas manobras, mas o pé ainda não tá 100%, então é difícil. Eu estaria ficando louco se fosse ele, passando pelo que ele passou. Acho que ele machucou um nervo, ou algo do tipo, quando torceu o joelho, e aí seu pé ficou basicamente paralisado, pendurado. Ele não sentia nada no pé, não mexia. Ele não vê a hora de andar de novo, e quando você vê ele dando as manobras certinhas no estado que ele tá… Eu fico muito feliz. E ele deve ficar um milhão de vezes mais feliz. Ele é um rato do skate, só que fazer isso pro resto da vida.

Quem vende mais shapes na Girl, atualmente?Eu…

Sei. (Risos) E o Malto?É claro que sou eu. As crianças adoram os quarentões. Não, tô brincando. Não sei. Acho que fica variando mas, provavelmente, é o Jereme Rogers, porque nós ianda vendemos, em segredo, shapes da collab com o J. Casanova.

Existiam rumores, durante um tempo, sobre o Marc Johnson deixar a Lakai, e agora ele realmente entrou na adidas. O que aconteceu?Esses rumores existem há anos. Eles estavam atrás do Marc há anos. Ele foi sincero o suficiente, anos atrás, pra nos dizer que tinham feito uma oferta e, na época, nós conseguimos cobrir a oferta deles. Deu tudo certo. Também acho que ele não queria sair na época; ele queria ficar na Lakai. Financeiramente, como todos sabem, tem sido difícil. Tivemos que tomar algumas decisões e reajustar coisas, diminuir o salário de algumas pessoas, ele incluso. Mas ele foi compreensivo e nós conversamos sobre isso. Aí, recentemente, tivemos que tomar mais decisões e ele seria afetado de novo. Durante anos, ele recebeu um bom salário, e nós fizemos o máximo pra não mudar isso de jeito nenhum. Mesmo nas épocas difíceis, não tiramos nada dele, mesmo cortando o salário de outros. Ele sempre foi bem protegido quanto a isso, mas chegou num ponto onde não havia mais onde cortar.

Tivemos que reduzir o salário e eu falei pra ele: “É uma merda. Você tá nisso há anos, dando o máximo, seu sangue, suor e lágrimas e eu não me sentiria confortável pedindo pra você ficar”. Conversamos por um tempo, e eu sabia que ele ia acabar andando pra eles. Todo mundo começou a falar dos rumores de novo, mas foi uma decisão mútua e totalmente respeitosa. Foi um momento triste. Foi uma bosta pra mim ter que falar pra ele: “Você deveria aceitar a melhor oferta, porque esses caras estão vindo com tudo pra te pegar”. Ele tem quase 40 anos. Acho que, nessa idade, você deve ir atrás do seu. E, se ele ficasse, eu não queria que ficasse se sentindo arrependido.

Mandei um acordo de encerramento pra ele há mais de um mês. Nesse acordo, nós pedíamos que ele segurasse o anúncio um pouco, porque nós tínhamos nosso produto. O acordo era pra nos proteger e à produção também. Mas disse que estava aberto pra conversar sobre o acordo e mudar qualquer coisa. Pedimos que ele mantivesse o segredo por um tempo, mesmo sabendo que era pedir muito. Mas… É pra isso que ele ganha… Aí ouvi mais rumores e tentei falar com ele durante uns dois dias; ele não me respondeu. Aí, tive que ser direto: “Ei, ouvi dizer que o anúncio vai ser feito na première do Away Days. Como assim?”. Achei que ele ia ficar no time até o verão ou julho. Aí, ele finalmente me respondeu, mas foi tipo: “Não, não vai ter anúncio… Quem disse isso?”. Aí perguntei de novo: “Não vai ter anúncio nenhum amanhã?”. Ele disse: “Não”. Aí, no dia seguinte, na noite da première, recebi uma mensagem: “Marc acabou de ser anunciado no vídeo”. Eu fiquei tipo: “Isso é uma loucura. Ontem, no telefone, ele me disse que nada aconteceria”.

Ele podia ter me ligado, falado comigo, e dito que não dava pra esperar tanto, manter o segredo por muito mais tempo, por causa dos termos do acordo ou sei lá. Nós somos amigos, vamos resolver isso. Ou, se não for uma coisa entre amigos, vamos deixar os advogados conversarem.

Vocês resolveram o assunto? Estão se falando?A única resposta dele foi: “Você leu o acordo?”, insinuando que havia algo de errado nele. Além disso, não me respondeu mais nada. Não me responde. Ele mentiu na minha cara. Me falou que não ia acontecer nada. Eu teria mudado qualquer coisa, pra deixar o acordo do jeito que ele queria. Foi tipo… Ele mentiu na minha cara, no telefone. Foi muito desrespeitoso. Desrespeitoso com o time, acabou com a noite deles, foi uma merda o time todo descobrir desse jeito. Você acha que tem uma relação com alguém e aí…

Só pra ficar claro, você tinha dito pra ele aceitar a oferta… Então você não tá bravo por ele ter saído, você está chateado por ele não ter te dado mais tempo?Eu tô puto porque ele me disse, na cara dura, na noite antes da première, que não haveria anúncio nenhum, que ele conversaria com o advogado pra gente resolver tudo isso. Todas as pessoas que trabalham duro por ele, que desenham os tênis, o pessoal de vendas, da produção, o time… Todo mundo da Lakai estava lá na première e tomaram a notícia na cara… Ninguém fez nada pra merecer isso. Descobrir desse jeito? Nos fez parecer um bando de idiotas, porque esse cara é um mentiroso patológico. Não foi homem pra me dizer a real. Uma noite antes ele podia ter me dito… Eu ficaria puto, mas ele teria sido honesto e eu poderia avisar o time antes da première. Recentemente, aconteceram algumas coisas na vida dele, e eu respeito sua privacidade e distância. Eu só estou desapontado mesmo pelo modo como ele levou tudo isso. Estou curioso com o que ele vai dizer pra se defender. Mal posso esperar pra ver qual a mentira que ele vai usar pra justificar o que fez.

O que você vai fazer com o produto que leva o nome dele e ainda não foi lançado? Geralmente, como uma empresa age quando esse tipo de coisa acontece?Mandar tudo pra casa dele, pra pagar na entrega, com uma cinta de pinto e sem vaselina. Bom, o que nós vamos fazer agora é o seguinte: primeiro, vou tirá-lo da Chocolate. Não vou mandar mensagem, então ele pode ler isso aqui ou alguém avisa ele. Talvez, na cabeça dele, ele já tenha saído, quem sabe? O Marc não anda mais pela Chocolate a partir desse momento. Vamos arcar com as consequências. Quanto aos tênis, temos muita coisa em produção agora. Normalmente, quando isso acontece, as empresas tomam atitudes legais, mas acho que isso não tem a ver com a nossa personalidade. Estou começando a considerar, mas isso não está no topo das prioridades.

Existe algum jeito de vocês se entenderem? Você vê algum jeito dele se redimir com você?Eu achava que tínhamos um ótimo relacionamento. Mas agora que não temos mais relação de trabalho, ponto final. Não vejo porque nós nos encontraríamos. Eu dei a ele o benefício da dúvida. Ainda existe um cara legal em algum lugar dentro dele, mas quando ele se torna o mentiroso, não pra contar com ele pra nada… Ele é um skatista incrível, não me entenda mal. Ele é, de verdade, um dos melhores skatistas de todos os tempos, mas isso não importa se você não é uma pessoa verdadeira… Eu não fico perto de ninguém que não seja verdadeiro.

Eu tenho uma teoria que gostaria de dividir com você.

Ah, é? Também tenho uma. A teoria dos 20 anos.

Ah, é? Como é?Eu tenho a teoria dos 20 anos. Quando começamos a comemorar os 20 anos da Girl, o Brian (Anderson) e o Alex (Olson) saíram. Quando começamos a comemorar os 20 anos da Chocolate, o Gino (Iannucci) saiu. Nada de bom acontece aos 20 anos.

Então a moral é terminar a marca aos 19 anos, antes da maldição?É, eu diria que sim. Acho que essa é a melhor política. Saída aos 19 anos. (risos)

Ou pular esse ano e ir do 19 direto pro 21.É, tipo andar de elevador. O 20 é o novo 13.

Bom, aqui vai a teoria engraçada que li na internet: as grandes empresas de tênis estão apoiando asmarcas de shape pequenas e independentes, pra inundar o mercado de peças e fazer com que empresas como a sua, Crailtap, ou a Dwindle (antes da Fallen falir), gastem tempo e recursos se preocupando com a queda das vendas ao invés de dar atenção às suas marcas de tênis (Lakai).(Risos). Esqueci quem me falou, mas foi alguém que trabalhou em uma dessas grandes empresas, e lá eles tem reuniões pra discutir esses planos de cinco anos à frente, e tem uma parte disso que é decidir quem eles vão derrubar, qual a estratégia. Tipo: “Como nós vamos tirar essa porra de empresa do caminho?”. E eles focam em empresas específicas, é foda. Mas acho o skate da hora porque você tem a Real, a Fucking Awesome, a Creature… Tantas empresas diferentes que fazem o skate acontecer. E sobre essas empresas que querem matar as outras… Tipo, cara, você já existe, você não precisa derrubar os outros. Você não precisa pegar até o último skatista, mas enfim…

Eu te falei como aquele Kaspar (diretor global de marketing da Nike SB) é retardado? Lembra quando subimos a parte de boas-vindas do Karsten Kleppan na Lakai e, uma semana depois, ele entrou pra Nike? Foi tipo: “Quê?”. E aí esse Kaspar começou a ligar pro Sam (team manager da Lakai) pra falar: “Eu sei que o Karsten saiu da Lakai agora, mas nós queremos que ele saia da Element. Queremos colocá-lo numa marca legal, vocês colocariam ele na Girl?”. Tipo, você é retardado? Você realmente acha isso normal? A gente tava felizão com o Karsten na Lakai. Tínhamos acabado de subir uma parte dele e ele, basicamente, pulou fura. Aí esse Kaspar vem tentar colocar ele na Girl. Esse cara é um maluco.

Eu tô quase achando que vocês são um alvo…(Risos). Eu gostaria de achar isso, que alguém fez um plano diabólico, tipo: “Ok, é assim que nós vamos derrubar a Fourstar, a Lakai, a Girl e a Chocolate”. Não, tô brincando. Bom, quer dizer, nós somos um alvo porque tomamos muito cuidado com os caras que colocamos no time, com quem a gente contrata. Ele são bons, nós somos bons, e é por isso que somos um alvo. Eles querem a nossa fórmula. (risos)

Fonte: Site Black Media.
LINK: http://www.blackmediaskate.com/site/?p=13925
Entrevista por Ian Michna – Jenkem
Tradução por Felipe Minozzi (Fel)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>